Advérbio

Advérbio

Advérbio é a palavra que se emprega como:

  1. modificador do adjetivo ou do próprio advérbio;

  2. determinante do verbo

Os advérbios são palavras heterogêneas, ou seja, podem exercer funções as mais diversas na oração. Por isso, a cada função exercida, alia-se um valor significativo. Como modificador, o advérbio expressa uma propriedade dos seres de modo a acrescentar-lhes um significado diferente, "modificado". Isso acontece em relação ao adjetivo, ao próprio advérbio, ou mesmo a uma oração inteira.

Exemplos:

  1. Ela estava tão apressada que esqueceu seu livro de matemática comigo.

    ...[apressada: adjetivo]

    ...[tão: advérbio = modificador do adjetivo]

  2. Todos passam muito bem, obrigado!

    ...[bem: advérbio]

    ...[muito: advérbio = modificador do advérbio]

  3. Felizmente não houve feridos no acidente.

    ...[não houve feridos no acidente: oração]

    ...[felizmente: advérbio = modificador da oração]

  4. Ninguém manda aqui!

    ...[mandar: verbo]

    ...[aqui: advérbio de lugar = determinante do verbo]

Os advérbios que se relacionam ao verbo são palavras que expressam circunstâncias do processo verbal, por isso considerá-los um determinante. Cada uma dessas circunstâncias indicadas pelos advérbios justifica os vários tipos de advérbios na nossa língua (circunstância de lugar, modo, tempo, etc.).

Outra característica dos advérbios se refere a sua organização morfológica. Os advérbios são palavras invariáveis. Isto é, essa classe gramatical não apresenta variação em gênero e número - tal como os nomes -, nem de pessoa, modo, tempo, aspecto e voz - tal como os verbos. Alguns advérbios, porém, admitem a variação em grau (ex.: cedo = advérbio de tempo em grau normal; cedíssimo = grau superlativo; cedinho = diminutivo com valor de grau superlativo do advérbio).

É importante, portanto, conhecer essas outras particularidades do advérbio.

Tópicos Relacionados:

Conhecer Interaulas

Previous Next Tela de apresentação